Existência Relativa

22 de November de 2015

diário de uma desistente

Filed under: de dentro pra fora — Mãe de 04 @ 10:27 PM

meu coração apanha. já deixou de bater faz tanto tempo que nem me recordo a última vez que conseguiu se safar de um nocaute.

não tem sentido.

não faz sentido.

a dor de se desapegar de lá e fazer com que a vida fosse menos dolorida e mais colorida e ver que na verdade eu dei pra você a liberdade que deveria ser minha.                         e você goza dela, com seus quereres e seus recursos e seus desejos enquanto aqui só cabe o escuro, desdobrado em suas 6 partes                        na tentativa de forrar todo o espaço que parece não ter fim.

eu não quero mais ficar aqui.

já passou da minha hora de ir.

essa de que “ninguém morre de véspera” é a maior das falácias.

meu corpo, minhas regras.

e se for pra viver no além mar, que seja agora.

Advertisements

Leave a Comment »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: