Existência Relativa

31 de August de 2007

até que a morte.

Filed under: de dentro pra fora — Mãe de 04 @ 9:57 PM

seria muito difícil me ajudar afetivamente efetivamente nas decisões que temos que tomar?

porque pra mim seria mais importante, romântico e interessante, ao invés de ficar falando que eu sou inconstante ou que uma hora falo isso, outra aquilo. porque é mentira. é uma cruel mentira.

o que eu faço é mostrar outras opções, é estudar novos horizontes. e a merda é que eu faço tudo isso pensando em você.

cadê aquele das flores trazidas por uma completa estranha? e aquele que me levava para dormir fora, fazendo um delicioso amor de madrugada?

estou me sentindo estranha. estou me sentindo sozinha, como se tudo isso fosse só meu.

Advertisements

1 Comment »

  1. E mesmo aqui, te reconheço.

    Comment by preto — 3 de March de 2009 @ 2:57 AM | Reply


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: